Olá leitor, saber quanto é cobrado de juros de mora é responsabilidade dos empresários e empreendedores que optam por tributar as cobranças em atraso. Afinal, cobrar juros a mais pode causar problemas jurídicos, sabia? Os juros cobrados sobre o pagamento em atraso são um resultado razoável do compromisso de pagamento que foi violado.

Além disso, esta é uma medida necessária para evitar atrasos e transtornos causados ​​pelo seu negócio. Mas, afinal, quanto juros são cobrados sobre multas em atraso? Conhecer essas informações é necessário para cobrar apenas o valor dos juros exigidos por lei e entender o escopo de sua expansão.

Qual valor pode ser cobrado do cliente?

Sabendo que os juros e as multas são valores que vão ser acrescidos ao valor do débito após o vencimento, estes devem constar no título entregue ao cliente de modo que seja claro ao seu cliente o valor excedente que deverá ser pago, caso haja o atraso do débito. Segundo o CDC – Código de Defesa do Consumidor a cobrança de multa pode ser estipulada em no máximo 2% do valor do boleto e pode ser cobrada apenas uma vez em cada título.  

Os juros por outro lado, são calculados não sobre o valor do documento de cobrança, mas, sim na quantidade de dias de atraso do pagamento do débito. Assim, sob o valor do documento os juros devem ser cobrados em no máximo 1% ao mês, o que totaliza 0,033% ao dia.

Mas, existe uma regra denominada: prevalência do pactuado sobre o legislado. Essa expressão quer dizer que quando as partes decidem algo diferente do que está previsto em lei, prevalece aquilo que fora acordado entre as partes.

Esse tipo de cobrança pactuada que excede as porcentagens acima expostas via de regra, ocorrem em contratos de compra e venda de imóveis, móveis de alto valor, situações em que realmente as partes JUNTAS acordam em alterar os juros.

Por que cobrar juros | Wake up cobranças
Por que cobrar juros | Wake up cobranças

No caso das relações de consumo comuns, como compra de uma camisa, sofás, geladeiras, prevalece a modalidade de contrato de adesão, onde a você empresa vende o produto ao cliente já com os juros, valores e demais clausulas previamente delimitadas, assim, deve-se seguir a regra de multa de 2% sob o valor do título e 1% de juros ao mês.

Como essa cobrança de juros por atraso pode ser realizada?

Se a sua empresa usa o boleto de cobrança e o emite na plataforma de emissão de boleto, não será difícil cobrar os juros da multa, tenha certeza. Basta preencher o percentual de juros a ser cobrado a cada dia ao preencher o boleto. Depois disso, o cálculo do valor do arquivo atualizado será realizado automaticamente quando o depósito for pago.

Na verdade, não há necessidade de atualizar os boletos vencidos, pois quando seus clientes vão a uma agência bancária ou usam o serviço online de um banco de sua preferência, os juros e a multa para boletos vencidos são calculados automaticamente.

Isso porque, desde 2017, os boletos são cadastrados no CPF ou CNPJ, evitando duplicidade e problemas de fraude. Com isso, o dia a dia de consumidores e empresas fica facilitado. Afinal, um único documento é suficiente para cobrar o pagamento em dia ou em atraso.

Por fim, você aprendeu quantos juros são cobrados por atraso no pagamento e que ao utilizar a plataforma de emissão de boletos, você pode realizar automaticamente outras tarefas, mencionando-as no documento, e então poderá completar facilmente, sem descumprir as leis e regulamentos. É simples, não é?

Aguardamos você no próximo artigo! Deixe sua sugestão para os próximos artigos!

 14,633 Pessoas Leram este Artigo,  14 Visualizações Hoje

Categorias: Saiba Mais

Luciana Lima Wake Up

Graduada em Direito pelo Centro Universitário de Goiás. Pós graduanda em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Anhembi Morumbi. Redatora de textos acadêmicos e na área de cobranças pela Wake Up Cobranças.

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *